sábado, 19 de dezembro de 2015

Margarida Rebelo Pinto - Vou contar-te um segredo

É um livro um bocadinho diferente dos outros dela porque em vez de ter uma história de amor tem 55 pequenas (grandes) histórias de amor. Dizer que gostei de todas as histórias seria mentir, houve algumas de que não gostei muito mas nada que tire o prazer da leitura ou o sorriso de ler uma bonita história de amor e pelo menos neste livro, algumas das histórias tem finais felizes.

Aprovado ;)


"Afinal o que é a vida sem amor, senão uma existência vazia e adiada, estéril e sem sentido?"

"Desatino é mesmo não sentir o poder do amor. Achem-me romântica, exagerada, adolescente tardia, infantil, o que quiserem..."

"A vida atropela-nos de súbito e quando damos por isso, já mudou tudo."

"Quando não estou contigo ainda é pior, ausento-me de mim próprio."

"Quando tu não estás comigo, fico sem voz de comando, ninguém me diz nada porque as pessoas falam mas eu não as oiço, escuto apenas o teu coração a bater junto ao meu, a tua respiração de suspiros, os teus gemidos de arrepio quando te passo as mãos pelos braços e estes se eriçam como pelos de gato; escuto apenas a tua pele cujo cheiro reconheci antes mesmo de lhe tocar, a música dos teus cabelos quando escorrem pelas minhas mãos como água doce e tu sorris como uma miúda e eu tenho vontade de nunca mais te largar. Longe de ti não sei se estou perdido, apenas sei que me sinto só, e só penso em voltar para o teu lado."

"Estás à vontade, a casa é tua, por dentro e por fora, cabeça, tronco e membros, carne e coração, tempo e alma.
Gosto de ti de uma forma que não consigo nem quero explicar."

"Eu também tenho medo, mas não digo nada. Gosto de sorrir para a vida e pensar que tudo vai correr bem, mesmo quando os dias me trocam as voltas e chego à noite estoirado a casa, sem encontrar sentido às coisas."

"Não te vás embora, a casa é tua, entra, experimenta, mora um bocadinho no meu coração e ouve o teu a bater. Talvez ele te diga se este é o teu lugar e chegaste ao fim da tua viagem."

"O meu apego às palavras é tão grande que são elas o principio, o meio e o fim da minha existência, a única forma que alcanço para me relacionar com os outros e com o mundo. E também comigo, quando falo sozinha com os meus botões e procuro respostas e explicações para tudo"

"A pouco e pouco comecei a perceber que não há respostas para tudo. E as poucas que existem, ou são erradas ou são absurdas."

"Como todas as mulheres, sou ingénua e gosto de acreditar que há homens bons."

"As lágrimas de nada servem, porque é impossível lavar uma alma ferida para sempre."


"Quero acreditar que o acaso não pode ser o que acontece quando Deus não quer assinar por baixo."

"Quando o nosso amor nasceu, vi-o correr muito depressa debaixo dos meus olhos e quis ir atrás dele. Perdi o meu tempo porque não percebi que era a única que o seguia. Não te vi parado, do outro lado da margem, que se ia cavando cada vez mais larga e funda, impotente ao caudal, assustado com a minha determinação, tu que só somas certezas depois de se dissiparem todas as dúvidas e que preferes sempre não acreditar em ti e nos outros, até que o tempo e a sorte te vençam.


"Somos o avesso um do outro. Quando duvidas, paras, e eu sigo em frente. Quando tens medo, eu tenho vontade; quando sonhas, eu pego nos teus sonhos e torno-os realidade, quando te entristeces, fechas-te numa concha e eu choro para o mundo; quando não sabes o que queres, esperas e eu escolho; quando alguém te empurra, tu foges e eu deixo-me ir.

Somos o avesso um do outro: iguais por fora, o contrário por dentro. Tu proteges-me, acalmas-me, ouves-me e ajudas-me a parar. Eu puxo por ti, sacudo-te e ajudo-te a avançar. Como duas metades teimosas, vivemos de costas voltadas um para o outro, eu sempre à espera que tu te vires e me abraces, e tu sempre à espera que a vida te traga um sinal, te aponte um caminho e escolha por ti o que não és capaz."

"O amor é um mistério em estado liquido que se pode solidificar numa relação quase perfeita ou evaporar-se com o tempo e a distância, chamando a ausência para o lugar do futuro. E quando o futuro é um lugar deixado vazio nada mais há a fazer senão voltar para trás e procurar, sem procurar, uma nova nascente."

"Estou cansada de sonhar, de desejar, de te querer e não te ter, de nunca saber se pensas ou não em mim, se à noite adormeces com saudades no peito ou te deitas com outras mulheres. Depois de todas as palavras e de todas as esperas, fiquei sem armas e sem forças. Sobra-me apenas a certeza de que nada ficou por fazer ou dizer, que os sonhos nunca se perderam, apenas se gastaram com a erosão do tempo e do silêncio."

"Talvez na curva do rio o mundo mude outra vez."

"O amor não é só um sonho."

"Dá muito trabalho viver a dois. É como se a nossa vida deixasse de ser nossa; há outro, uma outra pessoa que também a vive connosco, que faz parte dela. Uma pessoa que cuida de nós e de quem precisamos cuidar. Alguém que, antes de nós, já viveu uma vida inteira, já amou outras pessoas, e já lambeu as feridas. Alguém que é um conjunto intrigante e complexo de defeitos, qualidades e experiências, alguém único e difícil de entender, tal como nós. Mas, acima de tudo, trata-se de alguém que deve gostar de nós."

"Era uma vez uma princesa que também foi deixada pendurada pelo seu príncipe, e sabes qual foi a moral da história? Nunca mais teve de lhe lavar as peúgas, de lhe passar as camisas, de limpar os pêlos que ele deixava na banheira. E Sabes que mais? Viveu feliz para sempre."

"Quando me separo, já não choro. Sei que o que pode acontecer é um mistério da existência e, quanto menos planear mais sorte vou ter. Demoro alguns dias a descer à terra, vou ao supermercado e encho o frigorífico para disfarçar o vazio no coração."

"Cuidas do meu coração melhor do que ninguém, mesmo sem o saberes."

"Anda dai, vem sentar-te na lua comigo."

"Por ti, por tudo o que me ensinaste, por tudo o que já vivemos - ainda que em sonhos - por tudo o que aprendi a ser contigo, por ti, eu apanho as estrelas que for preciso."

"Nem sempre tens tempo para mim, mas sei que posso contar contigo, que, num momento de crise, estarás ao meu lado, que voltarás sempre, porque se a vida é um eterno regresso a casa, a amizade é um amor eterno."

"Tanto faz o tempo e o lugar - o que conta é o modo de ser e de amar."

"Ao espelho, onde vês o reflexo entre o homem que és e aquele que gostarias de ser, respiras fundo e desejas que essa mulher chegue um dia, não demasiado cedo para te assustar nem demasiado tarde, porque entretanto, pode aparecer outra e tu vais deixar-te ir, convencido de que é essa, e não eu, a mulher da tua vida."

"Te desejo, como se pudesse ser o teu futuro."

"Gostei logo do teu ar de índio tupi."

"Não sei como não desisti, mas a verdade é que nunca deixei de sonhar, nunca deixei de acreditar que a vida me podia dar o que quero e mereço."

"Tudo se desaprende e tudo muda."

"Não sei quantas formas de amor existem no mundo, mas gostava de inventar algumas contigo."

"O que mais dói quando se ama alguém é imaginar tudo o que não conseguimos realizar juntos."

"Ambos sabemos que tens medo de mim e medo de ser feliz. E ambos sabemos que, à tua maneira, me sabes amar, apesar de todas as desculpas inteligentes, de todos os medos, de todas as dúvidas."

"Não tens saudades de ser livre e seguir o teu coração?"

"Eu tenho saudades de tudo o que não vivi contigo."

"Dizem que uma pessoa está sempre a aprender, mas na merda do amor é exactamente ao contrário. Cada vez percebo menos disto e acho que faço cada vez mais disparates."

"Nunca lhes dês o que te pedirem à primeira e nunca mostres que precisas deles."

"Sou eu quem manda, porque ela gosta mais de mim do que dela, e essa regra, meus amigos, só os filhos da put* como eu é que a sabem usar."

"Não sei se a amo, sei que não posso viver sem ela."

"Sonhos impossíveis que não cabem, na realidade."

"Não sei como nem quando perdemos a magia [...] Quando dei por ti, já eras outra pessoa."

"Fazes-me voar baixinho com o teu sorriso desconcertante e a tua voz de rockstar."

"Um dia pode saber a uma semana se for vivido como nós o vivemos."

"És o primeiro homem de quem gosto com todos os defeitos chapados na cara."

"Tu és tu, não precisas de mostrar nada do que não és."

"Quantos homens podem vangloriar-se de conseguir fazer uma mulher feliz? Muito poucos."

"A paixão é mesmo isto, nunca sabemos quando acaba ou se transforma em amor, e eu sabia que a tua paixão não iria resistir à erosão do tempo, ao frio dos dias, ao vazio da cama, ao silêncio da distância.
Há um tempo para acreditar, um tempo para viver e um tempo para desistir..."

"Às vezes desistir é o mesmo que vencer sem travar as batalhar. Antigamente pensava que não, que quem desiste perde sempre, que a subtracção é a arma mais cobarde dos amantes, e o silêncio a forma mais injusta de deixar fenecer os sonhos. Mas a vida ensinou-me o contrário. Hoje sei que desistir é apenas um caminho possível, ás vezes o único que os homens conhecem."

"Aprendi a nunca pedir que me amasses e a nunca cobrar a distância."

"Guardei-te no meu coração antes de partires."

"Tenho o meu coração entalado entre os sacos de gelo."

"Aprendi com elas a fingir que sou feliz."

"Pega no telefone e liga-lhe, não tens nada a perder. Diz-lhe que tens saudades dele, que ninguém te faz tão feliz, que os teus dias são secos, frios e áridos, como um deserto imenso, sem oásis nem miragens, sempre que não estão juntos. Pega no telefone e liga-lhe. Se ele não atender, deixa-lhe uma mensagem. Ou então escreve-lhe um sms a dizer que queres estar com ele. Não te alongues nem elabores, os homens nunca percebem o que queres deixar cair nas entrelinhas. Tens de ser clara, directa, incisiva. E não podes ter medo, porque o medo é o maior inimigo do amor. Cada vez que deixares o medo entrar-te nas tuas veias, ele vai gelar-te o sangue e paralisar-te os nervos, ficas transformada numa estátua de sal e morres por dentro."

"A vida é uma incógnita, hoje estás aqui, amanhã podes ficar doente, ou cair-te um piano em cima quando fores a andar na rua."

"Nunca se sabe como será o dia de amanhã, por isso não percas tempo, pega no telefone e liga-lhe. Tenho a certeza que ele te vai ouvir, tenho a certeza que ele te vai ajudar, tenho a certeza que ele, à sua maneira - e é tão estranha a forma como os homens gostam de nós - ainda gosta de ti. Mesmo que já não te ame, ainda gosta de ti, como tu vais aprender a gostar dele, quando a vida te obrigar a desistir deste amor."

"Ainda que não acredites, tu viverás para sempre nele, tal como ele vive em ti, na memória das tuas células, num passado que pode ser o teu escudo, mesmo que não seja o teu futuro.
Pega no telefone e liga-lhe. Fala com ele de coração aberto, diz-lhe que o queres ver, chora se for preciso, pede-lhe que te diga se sim ou se não. Se for preciso, por mais que te custe, pede-lhe para te escrever a palavra NÃO. Pede-lhe uma resposta para o teu coração. Mais vale saberes que acabou tudo do que viveres com as laranjas todas no ar, qual malabarista exausto, sem saberes nem como nem quando elas vão cair. Mais vale chorar a tristeza de um amor perdido do que sonhar com um oásis que virou miragem.
Pega no telefone e liga-lhe. Liga as vezes que forem precisas até conseguires uma resposta, a paz de uma certeza, mesmo que essa certeza não seja a que desejas ouvir. Mas não fiques quieta à espera que a vida te traga respostas. A vida é tua, tens de ser tu a vivê-la, não podes deixar que ela passe por ti, tu é que passas por ela."

"Muda de vida. A vida vai mudar contigo."

"Ao teu lado é tudo mais fácil, mais leve, mais simples."

"Passo os dias a fingir que sou feliz sem noticias tuas."

"Sigo o meu caminho como se não pudesse mudar de rota."

"Sinto-te ainda cá dentro como se nunca tivesses saído do meu sangue."

"Lembro-me todos os dias e todas as noites de ti, fazes-me falta."

"Não sei onde está o teu coração agora, se ainda vivo lá dentro ou se outra mulher ocupou todo o espaço em que já fui feliz."

"E mesmo que um dia tudo acabe, sei que tive a maior sorte do mundo."

"O príncipe pode estar em qualquer lado."

"O que transforma um homem vulgar no nosso príncipe é ele querer ser o homem da nossa vida. E há alguns que ainda querem."

"Se for mesmo ele, fica."

"Já tenho saudades desse futuro, mesmo que ele nunca aconteça."
"Rezando em silêncio para que voltes para sempre."

"Vivo surda de gritar comigo mesma em silêncio todos os dias dentro da minha cabeça."

"A vida é apenas um conjunto absurdo e ilógico de factos que não tem nada a ver uns com os outros."

"É infinitamente mais fácil perder tudo do que manter o mais importante."

"Sentir é mais que saber."

"A sorte também manda na vida, manda mais do que queríamos e menos do que gostávamos."

"Gosto de te conhecer e de te perceber."

"O silêncio não quer dizer ausência, apesar da ausência reinar nos nossos dias."

"Só tenho pena de não ser dona do tempo."

"Fica comigo mais uma vez, vem rir do mundo e adormecer nos meus braços, abrir o teu coração e sonhar acordado, vem ter comigo hoje..."

"Tu não complicas, não empreendes, não te assustas, não te baralhas, não te esqueces, e quando te perdes é de propósito. Imagino-te sempre como agora e tenho quase a certeza que nunca envelhecerás, porque guardas o segredo da felicidade, viver um dia atrás do outro, sem pedir mais ao mundo do que paz, alegria e, de preferência um bom champanhe.
Ajudas-me a conjugar o verbo aceitar, ensinas-me a praticar o verbo esperar, e tens sempre paciência para mim. Levas-me a jantar fora quando estou triste e limpas-me as lágrimas quando imagino que o mundo vai acabar só porque não é tudo como quero e quando quero. E obrigas-me a ser feliz com o que tenho, em vez de viver com a cabeça sempre enfiada no futuro. És mais sábio do que eu e sabes muito bem que o futuro só existe na cabeça das pessoas complicadas, que gostam de tornar a própria existência difícil.
Por isso, meu querido irmão emprestado, peço-te que nunca percas essa capacidade de me sacudir e de me fazer rir, de me pôr a dançar e a dizer disparates, de despertar em mim uma miúda que nunca cresceu.
É que eu não tive tanta sorte como tu: obrigaram-me a crescer muito depressa."

"Tu não sabes o que é acordar exausta depois de 5 horas mal dormidas porque a cabeça não pára,nunca pára, não deixa o corpo desligar."

"Falamos muito porque o que temos para dizer um ao outro e um sobre o outro não pode ser entendido por mais ninguém."

"Depois tu desligas, encolhes os ombros e vês no espelho o homem que pensas que és e não percebes como é que eu vejo outro homem em ti, apesar de todos os teus defeitos."

"A perfeição está em tudo o que se ama. A nossa perfeição nunca se vê no nosso espelho; vive nos olhos dos outros e no amor com que nos vêem."

"Com o coração transplantado no corpo da outra."

"Do que eu tenho mais saudades é de acordar e não pensar em nada."

"Nunca sabemos para onde vamos. Nunca sabemos até onde podemos chegar, nunca conhecemos os nossos passos, mesmo quando pensamos que escolhemos os melhores caminhos.
Tu vens e vais como um pássaro, voas como quem anda, ficas como quem mora e, quando partes, nunca dizes adeus. Penso sempre que é a última vez, mas depois há uma força que te faz voltar, e a cada regresso trazes-me mais conforto, mais paz, mais sabedoria.
O que te faz voar até mim é um mistério que o mundo não consegue resolver."

"Quando penso em ti, acende-se-me uma luz no peito que me aquece o corpo todo e me faz sentir plena, cheia, feliz."

"Acima do mundo, acima do tempo, acima de todas as distâncias e diferenças que nos separam."

"O amor não tem tempo, nem fronteiras, nem horas, nem obrigações."

"São sempre os mais pequenos pormenores que nos prendem aos homens que amamos."

"Nunca queremos deixar de amar, nunca queremos que quem nos amou nos esqueça."

"Nem preciso de fechar o coração: ele está trancado há bastante tempo, o suficiente para me ter esquecido do código de acesso, mas não há demasiado para que o tenha perdido dentro do meu peito."

"Viras os meus sentidos ao contrário."

"A vida é uma longa viagem, nunca sabemos até onde nos leva nem quando acaba, e a minha tem sido cheia de sonhos e de bons momentos."

"Nós encontramo-nos num mundo em que toda a gente anda aos encontrões. Já pensaste o quanto isso vale?"

"Ninguém é feliz sem sonhos e tu trouxeste-mos de volta, embrulhados em papel azul. Agora são meus, posso fazer deles o que quiser."

Sem comentários: