sábado, 22 de agosto de 2015

Angela Carter - Filhas sábias

Às vezes são aqueles que renegamos os que mais nos amam...

Não sei muito bem descrever este livro, ele é bom mas falta-lhe aquele toque que nos faz querer devorar o livro. No entanto tem uma boa história, provoca-nos umas boas gargalhadas e tem um bom final.
Uma história diferente das habituais mas que vale a pena ser lida.

"Estou meio louco, por causa do amor que te tenho."

"Espera o melhor, prepara-te para o pior."

"O que é a vida para mim sem ti?
O que sobra, se tu te foste?"

"Era um homem brilhante, ainda que algumas das suas luzes estivessem fundidas."

"Eles olham para o mundo e pensam: «tem de haver alguma coisa melhor!» Mas não há. Desculpa parceiro. É isso mesmo. O que há é o que está à vista. Somente o aqui e o agora."

"É a pior coisa que há, ver os próprios filhos a sofrer."

"Parir é dor, criar é amor."

Sem comentários: