sábado, 25 de julho de 2015

Joaquim Quintino Aires - Vai valer a pena

Este livro faz-nos pensar.
Inicialmente todos achamos que não suportaríamos certas situações, mas será que não?
Será que nos conseguimos separar mesmo quando ainda amamos a outra pessoa e ainda acreditamos que ela pode mudar?
Será que conseguimos desistir de certos sonhos e dizer basta mesmo que ainda tenhamos esperança na mudança?
Eu não sei a resposta mas o autor está convencido que sim, aliás ele é até bastante intransigente nesse aspecto e apesar da minha opinião divergir um bocadinho da dele acho que é um bom livro que nos faz pensar, recomendo, principalmente acho que é uma leitura útil.


"Viver é uma caminhada que se constrói a cada hora"

"O caminho entre os pontos de partida (o desejo) e da chegada (a felicidade) está cheio de sobressaltos. Sabemos o que temos, e sabemos o que queremos ter no futuro. Mas a caminhada a fazer é tão imprevisível, que muitas vezes optamos por cruzar os braços. O que quase sempre implica continuar a sofrer. E como tudo isso é estranho! Por causa do medo de sofrer no futuro, e nem sabemos se sofreríamos ou não, permanecemos no sofrimento a que, afinal nós mesmos nos condenámos.
Como seria fácil a vida se nos fosse possível adivinhar o futuro! Poderíamos tomar decisões sem qualquer dificuldade. Não precisaríamos de todos os conselhos que, depois, raramente seguimos.
Não teríamos hesitações, nem noites passadas sem dormir [...]
E quando as emoções e os sentimentos interferem nas decisões é ainda mais difícil. Muitas vezes não percebemos porque nunca nos ensinaram, que um sentimento hoje pode já não existir amanhã. Que uma emoção, uma paixão, sentida hoje, amanhã pode já ter desaparecido. E então temos medo de alterar coisas na nossa vida porque temos medo de lhes sentir a falta no futuro."


"Fascina-me a vida que cada um de nós carrega por detrás das máscaras."

"A verdadeira vida está tão escondida de todos, que muitas vezes já nem o actor a conhece."

"Todos nós precisamos de uma relação, pois ninguém é feliz sozinho. E nessa relação precisamos de admirar e sentir desejo pelo outro, mas também precisamos de sentir que o outro nos admira e deseja com a mesma intensidade."

"O que será que tanto nos dificulta a separação e o divórcio, quando percebemos que a nossa relação não funciona? Será o medo de ficarmos sozinhos, não acreditando conseguir uma nova relação com outra pessoa?"

"Porque é que uma mulher aguenta 18 anos de traição, apenas interrompidos com o nascimento dos primeiros dois filhos? Será que ela não pensa que também é gente e que é a própria dignidade dela que está em causa?"

"Ao ouvir do marido que ela é a mulher da vida dele, tudo o resto se apaga da mente como se nunca tivesse existido."

"Imaturidade emocional não é doença. É falha no desenvolvimento."


"Ao fim de algum tempo não adianta esperar mais pela mudança do outro."

"Quando estamos tristes choramos, não há problema nenhum nisso."

"É claro que ele precisa evoluir psicologicamente. Mas ela não tem de destruir toda a sua vida por ele."

"Eu neste momento espero que alguma coisa aconteça, para tentar no futuro não ter a sensação de que agi imatura ou impensadamente."

"As pessoas não dizem o que sentem com medo de que o outro se desiluda e vá embora. É AO CONTRÁRIO! Sem diálogo não há relação."

"Se teimarmos em querer que uma relação seja hoje como foi no passado, só porque no passado a outra pessoa mostrou muito interesse em nós, só vamos sofrer."

"Apetece-me ser cínico e perguntar se ela lá estava quando ele a engravidou."

"Parece viver com uma barreira entre dois mundos, um dentro dela, outro cá fora."

"Porque casam as pessoas, porque têm filhos, se não tem disponibilidade interna para o outro?"

"Por vezes penso que quando alguém quer casar devia primeiro fazer um exame de maturidade da personalidade."

"Eu tenho a mania que consigo mudar as pessoas. O que não é verdade, porque ninguém consegue mudar o feitio de ninguém."

"Liberdade implica conhecer os dois caminhos, ser capaz de pensar as vantagens e desvantagens de cada um, e, talvez o mais importante, ser-se capaz de agir de acordo com a escolha."

"Mesmo naquela fase em que eu não estava bem, sabia que havia de chegar o dia em que ficaria bem. Tinha de passar por aquela fase má, mas era a decisão certa."

"O que se passa com esta gente, que parece não ter alma."

"Ninguém merece ser dono da nossa vida."

"A escola é para nos formar, a educação vem do berço."

"Jesus sofreu para que cada um de nós fosse feliz."

"Um amigo é aquele que se incomoda com o nosso sofrimento e não descansa até estarmos bem."

"A vida não é propriamente um filme que se possa rebobinar e recomeçar vezes sem conta."

"Quem gosta realmente de nós, mesmo quando fazemos coisas com que não concorda, vai apoiar-nos; quem não gosta realmente, mesmo quando fazemos sempre tudo bem, tem sempre o que nos apontar."

"A liberdade individual é um direito inquestionável."

"Porquê sofrer com uma relação, se tenho a vida à minha espera?"

Sem comentários: