sábado, 21 de fevereiro de 2015

Rachel King - A música das borboletas

E se para salvar centenas de pessoas tivesses de sacrificar dois amigos?

Embora longe de ser um daqueles livros que nos prendem tanto que não conseguimos deixar de ler, "A música das borboletas" é um bom livro, com factos inesperados e que não nos deixa adivinhar-lhe os próximos capítulos.
É preciso ler para saber o que acontece, nunca conseguimos prever o que vem a seguir e por isso mesmo vale a leitura.


"Aqui a noite está quente mas fria sem ti."

"Basta saber ler, [...], para nos cultivarmos."

"Nunca te rales com o que os outros pensam de ti, filha. Só tens de prestar contas a ti mesma e a Deus. Só a esses dois. E Deus ama-te, faças o que fizeres."

"O mundo não é exactamente como imaginavas que fosse, pois não?"

"É tão fácil arranjar desculpas para o nosso próprio comportamento."

Sem comentários: