terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Paloma Sánchez-Garnica - O grande arcano

As personagens deste livro irritaram-me profundamente.
A personagem que serve de narradora é irritante como tudo, não faz nada por instinto, precisa de justificações para tudo e depois é daquelas impacientes que está sempre a exigir paciência, além disso ela e o outro personagem são histéricos, cada vez que se vêm perante um drama há sempre um que tem um ataque de estupidez, parecem putos de 20 anos em vez dos 30 que supostamente tem, e são daqueles que primeiro entram em pânico porque vão morrer e só depois é que se tentam salvar.
Existe ainda uma história de amor ao estilo de: "vi-te, apaixonei-me e vamos ser felizes para sempre", pareceu-me pouco credível. Como último ponto negativo aponto o facto de nos diálogos eles referirem constantemente o nome da pessoa com quem estão a falar, coisa que não se faz num diálogo verdadeiro.

E agora pergunto, como é que um livro com estes defeitos pode ser um bom livro? Não sei, mas a verdade é que "O Grande Arcano" é um bom livro, que se foca em questões como: "Jesus deixou descendência?" ou "existe um túmulo com o corpo de Jesus?", um livro apaixonante não pela história em si mas pelos assuntos e teorias que aborda.


"Antes de fazeres algo, pensa." - Provérbio Andaluz

"Tudo na vida requer o seu tempo."

"Durante alguns meses, senti o mundo, a minha vida... o meu coração paralisarem-se."

"Lutavam para não cair no desespero da dor que por dentro as asfixiava."

"Nenhum amor é impossível se lutarmos por ele."

"Na vida há que ter princípios, mas também há que saber utilizá-los."

"A vida está cheia de mistérios."

"A sabedoria, o dom do conhecimento, é a arma mais poderosa do mundo."

"A mente humana está disposta a encontrar o que procura mesmo quando, na realidade, não existe nada."

"Apesar de terem passado tantos anos, todos os dias, todas as noites, continuo a sentir saudades."

"Nas mãos de cada um de nós está a possibilidade e a liberdade de alterar as coisas que podem vir a acontecer, de alterar parte do futuro, o nosso e o do que nos rodeia"

"Cada um de nós é dono do seu destino."

"Temos de ouvir o que o coração nos diz."

"O único factor que pode mudar as coisas nesta vida, para o bem ou para o mal, é a vontade de cada um de nós."

Sem comentários: