quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Niccoló Ammaniti - Como Deus manda

As primeiras 200 páginas são horríveis e precisei de muita força de vontade para continuar a ler, primeiro porque um livro que começa com uma criança a matar um cão está longe de me parecer interessante, juntando a isso mil asneiras e um personagem nazi foram 200 páginas complicadas de ler. Depois disso, o livro entra num ritmo de leitura fluído e fácil de ler, parece é que a coisa nunca mais se desvenda e até à última página achamos que o final vai ser uma treta mas depois até se safa.
Resumindo, vale pelas últimas 200 páginas mas eu não recomendo.



"Tenho um carácter de merda, mas foi com ele que vim ao mundo. É facílimo dar-se comigo, basta que não me façam zangar e corre tudo bem."

"Quando se erra tem que se ter a capacidade de voltar para trás."

"Certos homens vêem as coisas como são e dizem «porquê?»
Eu sonho coisas que nunca existiram e digo «porque não?»" - George Bernard Shaw

"Nunca é tarde de mais para dizer a verdade. Para dizer que se ama."

"Tens coração?
Não, perdi-o..."

Sem comentários: