segunda-feira, 28 de julho de 2014

Steven Saylor - Um gladiador só morre uma vez

Um bom livro, divertido, leve e onde se aprende umas coisas sobre a Roma antiga.
A primeira história é um bocadinho confusa na medida que parte do principio que o leitor já conhece as personagens - há imensos livros publicados com este protagonista - mas as outras são de fácil entendimento.

O livro pode chocar os mais "conservadores" já que no livro o normal é os homens serem gays ou bissexuais, um homem não gostar de homens é visto como uma anormalidade (supostamente era assim na Roma - e não só - antiga.)

Um facto curioso e que gostei bastante, é o facto de no autor no fim do livro dar "créditos" a quem o inspirou a escrever cada história, podem ser coisas tão pequenas como uma folha de árvore mas ele relata dizendo que houve algo ou alguém que o inspirou.
Uma das histórias foi inspirada por uma visita a Portugal :)


"Por que será que a morte de um desconhecido belo nos afecta mais profundamente do que a perda de alguém de aparência trivial?"

Sem comentários: